CinePraça na Mostra EcoFalante

17 09 2015

Noite de cinema - convite EcoFalante

Como chegar:

Saiba mais:

http://www.abcdmaior.com.br/materias/cultura/problemas-sociais-ganham-foco-em-festival-de-cinema

Como fazer para que a sociedade olhe aos problemas do mundo? Essa é a questão da Mostra Ecofalante, que chega nesta terça-feira (15/09) em Santo André. Através do universo cinematográfico, saem os super-heróis líderes de bilheteria e entram os dilemas sociais. Mudanças climáticas, formação de favelas, gestão de resíduos e preservação da água estão no elenco. Trazendo o holofote para o planeta, a ação utiliza a cultura como educadora.

“É o reconhecimento do nosso trabalho. Teremos a oportunidade de levar nosso documentário de volta às comunidades”, disse Sarah Bryce, integrante do MDDF (Movimento de Defesa dos Direitos de Moradores em Favelas de Santo André), que participará de uma das rodas de conversa.

Realizada pelo Sesc SP em parceria com o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), a iniciativa trará documentários exibidos em festivais, além de produções regionais, como o filme Vidas e Vielas. “Farei uma pequena fala num debate sobre a situação das favelas ao redor do mundo, no Brasil e, principalmente, em Santo André”, revelou Sarah.

Se apropriando das questões andreenses, a parceria entre a Mostra e o MDDF veio como uma surpresa. “Em 2009 começamos o projeto ‘Jovens Lideranças Ambientais’. O objetivo era conscientizar e melhorar as áreas verdes ao redor. Exibimos filmes nas ruas, para mostrar às pessoas que os espaços públicos devem ser ocupados. Chamamos a ação de Cine Murão”, lembrou Sarah, complementando: “O Sesc se interessou e entrou como parceiro. Quando surgiu a ideia da Mostra Ecofalante, o Semasa conversou com o Sesc e mostrou já conhecer nossa itinerância. Então, surgiu o convite.”


Exibições gratuitas trazem debates

A programação começa nesta terça-feira (15/09), a partir das 19h, com a exibição do filme Trashed: para onde vai o nosso lixo?, que reflete sobre o acúmulo de lixo e a poluição no ar. Além desta obra, outros cinco documentários serão exibidos entre os dias 15 e 24/09. As sessões acontecerão em três espaços distintos: no Sesc Santo André, no auditório do Semasa e no Conjunto Prestes Maia. Cada atividade é gratuita e os ingressos deverão ser retirados com uma hora de antecedência, nos próprios locais de exibição.

Para o MDDF, a participação na ação é uma oportunidade de levar a obra cinematográfica produzida às comunidades que protagonizam a luta por moradias. “Fizemos um lançamento do filme na última semana, no Museu Municipal de Santo André. Era uma sala para 70 pessoas e chegaram 150. Algumas ficaram de fora. Agora faremos essa exibição e temos mais uma agendada no próprio museu, no dia 24/09”, indicou Sarah. Com o objetivo de expor e debater questões ambientais importantes e complexas em todo o mundo, a Mostra Ecofalante busca que cada pessoa se aproprie de problemáticas para transformá-las em solução. “No caso da discussão de favelas, foi muito importante trazê-la para a programação da Ecofalante. São questões que devem ser de toda a sociedade.”


Reflexões cinematográficas:

As exibições itinerantes da Mostra Ecofalante 2015 em Santo André começam nesta terça-feira (15/09) e vão até o dia 24/09, sempre às 19h. Entrada franca. Mais informações no telefone do Sesc Santo André: 4469-1200.

Anúncios

Ações

Informação




%d blogueiros gostam disto: